quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Divulgação! Novo Livro de Edivan Silva: “DIÁRIO DE VIDA”

Hoje estamos divulgando o mais novo livro de Edivan Silva “ Diário de Vida”, um palestrante e conferencista, formado em Economia e Marketing e autor dos livro: O Poder do Marketing de Atitude”, em parceria com o renomado escritor Eugênio Sales Queiroz; Editora CJA-RN Editora CJA-RN; autor-participante de várias obras de renome nacional: “Gigantes da Motivação - Editora Landscape -SP”; “Os 30 + em Atendimento e Vendas, Editora Threec-RJ”; “Os 30 + em Motivação”, Editora Threec-RJ; “Ser Mais com Motivação”, Editora SerMais-SP; “O Segredo do Sucesso Pessoal”, Editora SerMais-SP; “A Arte de Se Tornar um Profissional Cobiçado”; Editora Interagir-RJ e “A Arte de se Tornar um Profissional Cobiçado em Vendas”, Editora Interagir-RJ. Autor do DVD: “Como Cultivar a Motivação”, Palestra gravada em 2014, no Arena das Dunas, em Natal-RN, na Feira do Empreendedor.

Nesse novo livro, Edivan Silva envereda em um novo gênero literário, bem biográfico e romancista ao narrar em forma de diário um episódio real que marcou a vida de sua família. O seu novo livro “Diário de Vida”, conta a história de um acidente automobilístico envolvendo cinco pessoas, uma família em desespero. Uma obra rica em sentimentos com vários relatos de fé, que emocionarão o leitor. Que este livro seja um acalanto para uma árdua situação pela qual você esteja passando e que durante a leitura, você possa consolar seu coração e ao final encontre o significado de “Vida”, em todos os sentidos da vida. Pois, Jesus Cristo disse: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados e eu darei descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. (Mateus 11:28-30)

São lições de fé, de alguém que passou por um acidente e encontrou em Deus uma esperança. São relatos marcantes de muita emoção. Daí a explicação para o duplo sentido que o nome “Vida” representa. Não faltam exemplos de amizade e de solidariedade na narrativa. E como tema principal, o leitor ainda será brindado com uma linda e verdadeira história de amor, algo bem raro nos dias atuais. O livro bem que daria um ótimo filme, novela ou minissérie. O que esses “anjos” fizeram em secreto, no “Diário de Vida” será honrado publicamente. Prepare-se para fortes emoções.

domingo, 23 de agosto de 2015

Dica de livros: “JACK FARRELL & A SERPENTE EMPLUMADA” livro de Jean Angelles

Este é o terceiro livro da saga de Jack Farrel, sendo no total de sete livros. Jean descreve o livro que proporciona uma leitura gostosa, envolvendo ficção com fatos históricos, sendo quase uma aula de história da humanidade, mostrando acontecimentos reais, também a cultura e mito do povo esboçados como planos de fundo para a narrativa.

Temos nesses livros, principalmente esse que vamos relatar, como protagonista Jack, um jovem cavaleiro templário de uma ordem de cavaleiro segredos que existe nos tempos atuais, que gosta de aventura e com um passado trágico, e tem como companheiros inseparáveis, a jovem e bela Gwen uma ótima amazona com uma mente brilhante e Will que é “engraçado" e o atrapalhado. E vive várias aventuras pela história, e no livro aqui citado, eles têm que lutar contra um deus asteca do mal.

Jack Farrell e a Serpente Emplumada ocorre no México no ano 1520. Um grupo de conquistadores espanhóis, liderados por seu capitão Hernán Cortez, encontra-se sitiado por milhares de guerreiros enfurecidos, no centro de Tenochtitlán, a capital do Império Asteca. O sacerdote Asteca, seguidor do deus-jaguar da escuridão, Tezcatlipoca, tenciona utilizar a presa de Quetzalcoatl, a Serpente Emplumada, para ressuscitar um exército de guerreiros sacrificados. Entretanto, seu plano pode ser ameaçado por um enigmático francês usando uma máscara de ferro e que possui outros planos para a mística presa. Enquanto isso, na Academia dos Cruzados, Gwen Watson desaparece misteriosamente, levando Jack, Will e seus amigos a uma desenfreada busca por seu paradeiro. Uma desesperada busca que os levará até o passado, onde encontrarão corsários, deuses em guerra, criaturas monstruosas e o próprio Imperador Montezuma, testemunhando o ocaso de uma das mais fabulosas civilizações que a humanidade já conheceu.

Conhecendo um pouco sobre o autor:

Jean Angelles considera-se um cidadão do mundo. Seu espírito irrequieto e aventureiro o levou a conhecer diversos países nos cinco continentes. Define-se como um seixo que rola de um lado para o outro afim de não juntar musgo. No ano de 1998 teve o encontro que mudou sua vida - numa pequena cidadezinha do interior da Espanha conheceu Benitez, enigmático personagem que o iniciou na Ordo Templis, uma fraternidade à moda medieval que não possui graus, ritos, insígnias ou passes. Seus cavaleiros conhecem-se sem saber uns aos outros e comunicam-se sem o que propriamente se chama linguagem. No ano de 2000, Jean Angelles, pelo período de quase um ano, realizou uma série de viagens através da Espanha, Marrocos e Índia empreendendo uma busca espiritual ao seu Anjo Guardião narrada no livro “Um Bater de Asas”. Escreveu, também, as aventuras infantis e juvenis Jack Farrell e a Ordem do Templo e Jack Farrell e Os Feitores de Gênios, primeiro e segundo livros de uma saga de sete volumes.

 Escrito por Cristiano Souza

Referencia:






sábado, 15 de agosto de 2015

Dica de livros: “O APRENDIZADO DE PEQUENA ÁRVORE” livro de Forrest Carter

Carter conta nesse livro a história do garoto que aos cinco anos, perde os pais e vai morar com seus avós na região de Eastern Cherokee Hill, no Tennessee. Nesse lugar seus avós resolvem chama-lo de Pequena Árvore. No meio da floresta temperada, nas montanhas, tem início seu aprendizado nos valores da simples conduta cherokee (a cultura indígena que seus avós fazem parte) dar amor sem esperar gratidão e tirar da terra apenas o que se necessita. Ao lado do avô, percorre cada centímetro das montanhas, aprendendo a sentir a natureza em toda a sua grandeza. Nas palavras da avó, compreende e aceita com naturalidade o ciclo da vida, que não se encerra com a morte. Os relatos transmitidos de geração em geração na tradição oral dos cherokee são materializados neste livro com uma linguagem simples e rica em aprendizagem do real sentido da vida, repleto de imagens fortes que inspiram os mais profundos sentimentos e saberes.

Conhecendo um pouco sobre o autor:

Forrest Carter nascido em 04 de setembro de 1925 e falecido no dia 07 de junho de 1979, foi um segregacionista colérico que era um propagandista racista infame na década de 1960. Um líder do Conselho de Cidadãos Brancos (um grupo dedicado à oposição desagregação e um que foi geralmente considerada como um grupo de frente para o Ku Klux Klan) de North Alabama, Carter era o chefe de uma "klavern" da Ku Klux Klan. Ele era um escritor de discursos não oficial para segregacionista o governador George Wallace, governador segregacionista do Alabama e candidato à Presidência (1968 e em 72).

Asa Earl Carter escreveu literatura supremacia branca, e foi um dos principais contribuintes para "O sulista", uma publicação de supremacia branca que ele editado e publicado pela primeira vez sob a égide do Conselho de Cidadãos Brancos racista.

Originalmente aceito como um trabalho real por um índio Cherokee, "O aprendizado do Pequena Árvore" classifica como um dos grandes embustes literários da literatura americana. Tomando a caneta do nome Forrest Carter, ele publicou dois Westerns, incluindo "The Rebel Outlaw: Josey Wales" que "Clint Eastwood" feito no filme 1976 hit Josey Wales - O Fora da Lei (1976). Depois que o filme foi lançado Eastwood, o New York Times revelou que "Forrest Carter" foi realmente Asa Earl Carter, o segregacionista. Na época, era moda entre alguns críticos, em linha com a crítica de Pauline Kael da estrela de cinema / diretor, para retratar Eastwood como um "fascista", e passeio de Carter foi mais provavelmente feito para constranger Eastwood, em vez de fora Asa Earl Carter. No artigo do New York Times, "Forrest Carter" alegou que ele não era Asa Carter. Mas ele era sim, eles assumir esse pseudônimo para escrever “”.

 Escrito por Cristiano Souza

Referencia:



terça-feira, 4 de agosto de 2015

Realização da Mesa Redonda, uma parceria do Projeto "O Contágio Pela Leitura" com a Escola Municipal Manoel Raimundo

Nessa segunda-feira (03 de agosto de 2015) ocorreu a realização da “Mesa Redonda: ‘Os Desafios do Ensino na Educação Básica: Temas em Debates’, efetivado pelo O projeto “O Contágio pela Leitura” em parceira com a Escola Municipal Manoel Raimundo, O Evento ocorreu, no prédio do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), localizado na Rua José Bezerra nº 364, centro Água Novo-RN.

A mesa foi formada pelos professores: Helder Cavalcante Câmara, graduado em Educação Física pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (1994). Mestre em Ciências Sociais e Humanas. Atualmente é professor do Curso de Educação Física da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; Rute Soares Paiva, Graduada em Geografia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Campus de Pau dos Ferros (2012). Especialista em Educação, Política e Meio Ambiente, pela Faculdade Internacional do Delta (2013); Disneylândia Maria Ribeiro, graduada em Pedagogia com especialização em Formação do(a) educador(a) pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, mestranda no Programa de Pósgraduação em Educação da Universidade Federal do Pernambuco (conceito Capes 5). E teve como mediadora Francisca Elizonete de Souza Lima que é Mestra em Geografia pela UFRN (2014). Graduada em Geografia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte/UERN (2011).

Na mesa foram discutidos sobre o ensino de Geografia no ensino Básico, os conhecimentos das disciplinas numa ligação com a realidade dos alunos, e sobre o ensino da educação especial, exaltado a diferencia dessas concepções com a educação exclusiva. Também ocorreu uma apresentação teatral com a equipe do contagio pela leitura, sobre a coordenação de Socorro França, em uma adaptação da historia dos Sete Cabritinhos de W.J Grimm.


Confira as imagens do evento:










quarta-feira, 22 de julho de 2015

MESA REDONDA: “OS DESAFIOS DO ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA: TEMAS EM DEBATES”


O projeto “O Contágio pela Leitura” em parceira com a Escola Municipal Manoel Raimundo, organizar para esse dia 03 de agosto de 2015, uma Mesa Redonda com o tema: “Os desafios do Ensino na Educação Básica: Temas em Debates”. O Evento ocorrerá, no prédio do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), localizado na Rua José Bezerra nº 364, centro Água Novo-RN.

Os debatedores da mesa serão:

Disneylândia Maria Ribeiro, graduada em Pedagogia com especialização em Formação do(a) educador(a) pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, mestranda no Programa de Pósgraduação em Educação da Universidade Federal do Pernambuco (conceito Capes 5). “Professora auxiliar III da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, atuando no Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia”. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, está interessada nas discussões das seguintes temáticas: Educação inclusiva, Educação sexual, Relações de gênero, Identidade e formação docente.

Helder Cavalcante Câmara, graduado em Educação Física pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (1994). Mestre em Ciências Sociais e Humanas. Atualmente é professor do Curso de Educação Física da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase nas práticas pedagógicas, atuando principalmente nos seguintes áreas: Metodologia do ensino da Educação Física, Metodologia dos esportes individuais, Estágio supervisionado, identidade. Líder do Grupo de pesquisa Educação Física, sociedade e saúde e membro do Grupo de Pesquisa do Pensamento Complexo.

Rute Soares Paiva, Graduada em Geografia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Campus de Pau dos Ferros (2012). Especialista em Educação, Política e Meio Ambiente, pela Faculdade Internacional do Delta
(2013). Atualmente Cursa Mestrado em Geografia na Universidade Federal da Paraíba UFPB e atua como tutora a distância no curso de Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).


E como mediadora da Mesa Redonda:

Francisca Elizonete de Souza Lima que é Mestra em Geografia pela UFRN (2014). Graduada em Geografia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte/UERN (2011). Professora Contratada da Rede municipal de Ensino de Água Nova. Tutora da Secretaria de Educação a Distância da UFRN (SEDIS) na área de Geografia. Professora Auxiliar I do curso de Geografia do CAMEAM/UERN. Tem atuado na área de Geografia Política com ênfase no estudo das Políticas Públicas Sociais na configuração do território.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Dica de livros: “LEONARDO E A INVENÇÃO MORTAL” livro de Robert J Harris

Harris, narra uma história fictícia sobre uma aventura vivida na adolescência de um dos maiores pintores do renascimento, Leonardo da Vinci. Misturado em sua narrativa, ficção com realidade, comedia com aventura, mostrando como era o ambiente dos jovens que almejava se tornarem pintores, e a rivalidade política com suas tramoias existente na idade média.

A história se inicia mostrando Leonardo como um aspirante a pintor, treinado por um pintor da cidade de Veneza, onde esse é carregado para fazer todos os tipos de trabalho, até de visitar e mandar mensagens para seus clientes. Em uma dessas entregar de correspondências, Leonardo, é enviado para a parte pobre da cidade e acaba descobrindo um projeto de uma máquina misteriosa, a partir desse fato começa a grande aventura do protagonista.  Assim ele se ver envolvido em um enredo de conspiração, assassinado e mistérios.

A história tem um ritmo frenético e envolvente, o autor conseguir misturar personagens reais com fictícios, historias verdadeira e outras que saíram da mente brilhante de Harris. Uma narrativa destinada ao público infanto-juvenil e que provoca uma vontade de conhecer mais esse período da história da pintura e da humanidade.

Conhecendo um pouco sobre o autor:

Robert Harris nasceu em Nottingham em 1957 e formou-se na Universidade de Cambridge. Foi jornalista nos programas da BBC Panorama e Newsnight, antes de se tornar editor político do jornal Observer em 1987, e depois colunista do The Sunday Times e Daily Telegraph. Em 2003 foi nomeado Colunista do Ano pelo British Press Awards. É autor dos bestsellers Fatherland, Enigma e Archangel, publicados pela Bertrand.

Escrito por Cristiano Souza

Referencia:






sexta-feira, 19 de junho de 2015

Dica de livros: “O SENHOR DOS LADRÕES” livro de Cornelia Funke

Nesse livro Cornelia Funke tem como tema da infância e da idade adulta, sendo esse o condutor inicialmente oculto na narrativa e ao longo do livro, a autora começa a mostra a importância de cada fase da vida. O Senhor dos Ladrões, que conta a história de um grupo de crianças órfãs que mora num cinema abandonado na cidade de Veneza. Seu protetor é Scipio, o auto-intitulado Senhor dos Ladrões, um garoto que rouba casas luxuosas de Veneza para sustentar as crianças de rua. Scipio é contratado para um trabalho especial: surrupiar uma asa de madeira da casa da fotógrafa Ida Spavento. O objeto tem propriedades mágicas, e logo todos estarão envolvidos numa aventura onde crianças viram adultos e vice-versa.

Muitas surpresas estão impressas nas páginas dessa história, uma narrativa gostosa de ler, que mostra as crianças e seus desejos, suas dificuldades. E o sonho que muitos adultos tem de voltar sem criança, e reviver antigas magias e ingenuidade.    


Conhecendo um pouco sobre o autor:

Cornelia Funke Nasceu em 1958, em Dorsten, na Alemanha. Escritora e ilustradora de livros infantis e juvenis, recebeu diversos prêmios literários. Com mais de quarenta títulos publicados, é autora, entre outros, do aclamado O senhor dos ladrões, publicado em 2004 pela Cia. das Letras e best-seller na lista do New York Times. Entre os seus maiores sucessos, está também a trilogia Mundo de Tinta, cujo primeiro volume, Coração de tinta, adaptado para o cinema, tornou-se um best-seller mundial, com mais de 4 milhões de exemplares vendidos.

 Escrito por Cristiano Souza

Referencia:


http://www.companhiadasletras.com.br/autor.php?codigo=02095